cee-logo-faixa-920x90-alpha

Tamanho da fonte:

Margarida Lemos Gonçalves

Formação acadêmica: Licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará, Belém. Bacharel em Educação Religiosa, pelo The Baptist Seminary, Forte Worth, Texas (EUA)

Experiência Profissional: Paralelamente ao início da chamada missionária recebida da Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira, no Rio de Janeiro, em 1948, Margarida lecionou ensino religioso para jovens vocacionados e alfabetização de adultos na escola conhecida como “A Escola dos Pés Descalços”. Em 1951, iniciou o trabalho no Colégio Batista do Tocantins, onde lecionou e foi diretora durante trinta e cinco, sempre conciliando suas atividades com o trabalho evangelístico na Primeira Igreja Batista de Tocantínia. Em 1987, atuou em Santarém, Estado do Pará, na direção do Colégio Batista Sóstenes Pereira de Barros, onde também atuou na liderança da Primeira Igreja Batista de Santarém. Com a criação do Estado do Tocantins, em 1988, à convite do secretário Executivo da Junta de Missões Nacionais, conduziu o “Projeto Palmas”, atuando em frentes missionárias na implantação da Igreja Batista e do Colégio Batista na capital. À convite do primeiro governador do Estado do Tocantins, ajudou a implantar o sistema educacional do novo Estado, assumindo então a vice-presidência e logo depois a presidência do Conselho Estadual de Educação, onde atuou por cinco anos. Em 1991 fundou a Primeira Igreja Batista de Palmas. Em 1997 fundou o Colégio Batista de Palmas, onde também foi diretora por cinco anos. Foi ainda diretora de ensino no município de Palmas por três anos e vice-presidente do Conselho Municipal de Educação de Palmas, por um ano. Foi membro fundadora da Academia Tocantinense de Letras (ATL), onde assumiu a presidência por dois anos. Membro da Academia Palmense de Letras (APL). Participou de Comissões Julgadoras do sistema FIETO por vários anos. Sua última função em cargo público ocorreu em 2012, quando foi convidada pelo governador do Estado do Tocantins a assumir a direção do Colégio Estadual Batista Professora Beatriz Rodrigues da Silva, em Tocantinínia, completando assim sua carreira educacional e missionária em 13 de junho de 2012.

Publicações: “Beatriz a que faz feliz” (1964); “Facetas da Vida Cristã” (2007); “A Missionária que veio para ficar” (2011).

Títulos: 1.  Tocantinenses: Mulher Virtuosa (Gente de Classe); Comendadora pela Ordem do Mérito do Tocantins; Cidadã Tocantinense; Cidadã Palmense, Cidadã Tocantiniense, Cidadã Lajeadense, Pioneira Lajeadense; Comenda Tiradentes (Polícia Militar do Estado do Tocantins); Placas: Colégio Batista de Tocantínia, Colégio Batista de Palmas, Igreja Batista de Tocantínia, Igreja Batista de Palmas, Junta de Missões Nacionais pelos 60 anos de atividades missionárias; Escolas do Tocantins – Educação fazendo história (SEDUC); Missionária Pioneira na Educação (Prefeitura de Palmas); 8 de março – Dia da Mulher; Mulheres da História do Tocantins (O Jornal); Contribuição na História dos Batistas do Brasil – 140 anos da Igreja Batista em solo Brasileiro (Convenção Batista Brasileira); Feira Literária Internacional do Tocantins (FLIT/SEDUC). 2.  Demais Estados Brasileiros: Placas: Colégio Batista de Santarém (PA), Igreja Batista de Belém (PA), Igreja Batista de Santarém (PA), Igreja Batista de Carolina (MA), Igreja Batista de Vitória (ES), Igreja Batista de Rio de Janeiro (RJ).